Ciberataques contra smartphones e redes sociais têm aumentado

06/04/2011 1:41 0 comentário

Usuários do Facebook e do Twitter, bem como usuários de smartphones – nomeadamente equipados com o sistema operacional da Google, o Android – estão particularmente vulneráveis, indica o relatório citado pela BBC.

De acordo com o Internet Security Threat Report, da Symantec (que ganha a vida a vender soluções de segurança informática a empresas e indivíduos), as vulnerabilidades nos sistemas operacionais dos telefones inteligentes aumentaram de 115% em 2009 para 163% em 2010.

Orla Cox, gestora de operações de segurança na Symantec, explicou à BBC que os cibercriminosos podem fazer uma série de coisas, nomeadamente interceptar mensagens de texto (sms) ou ligar para números pagos.

Em muitos casos, os criminosos também instalam malware nos aparelhos, o que lhes permitirá ter acesso a dados sensíveis, especialmente se os usuários utilizarem os seus smartphones para realizarem operações bancárias. Pelo menos seis variedades diferentes de malware foram detectadas em aplicações distribuídas através de um serviço de downloads chinês.

Foi igualmente encontrado algum malware a circular nos populares iPhones, mas apenas naqueles que tinham sido crackeados.

No Facebook e no Twitter, a Symantec detectou diferentes tipos de ameaças. A ameaça mais comum nas redes sociais são os links que redirecionam para sites com aplicações destinadas a recolher informação pessoal dos usuários. A empresa estima que um em cada seis links colocados no Facebook redireccione para malware.

O relatório Internet Security Threat Report, que tem por base dados fornecidos por usuários em todo o mundo, é considerado como um bom aferidor do cibercrime.

Globalmente, a Symantec notou um grande aumento do cibercrime de 2009 para 2010, sobretudo graças aos chamados attack toolkits – pacotes de software que permitem aos compradores “desenharem” o seu próprio malware. Estes kits estão à venda online e são bastante baratos.

Fonte: publico.pt

VN:F [1.9.8_1114]
Rating: 1.0/10 (4 votes cast)
VN:F [1.9.8_1114]
Rating: -3 (from 3 votes)
Ciberataques contra smartphones e redes sociais têm aumentado, 1.0 out of 10 based on 4 ratings